Ano Bissexto

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Por que temos o dia 29 de fevereiro em alguns anos? O que isso significa? 

Hoje é dia 29 de fevereiro, o que nos traz um "ano bissexto" ou "dia bissexto", um fenômeno que nos acompanha desde o século 46 aC.

Naquela época, Júlio César aceitou o conselho do astrônomo aprendiz, Sosigenes de Alexandria, que sabia da experiência egípcia que o ano tropical (também conhecido como o ano solar) tinha cerca de 365,25 dias de duração. Assim, para reverter as horas acumuladas que eram perdidas, precisaríamos de um dia extra de vez em quando, e foi aí que um "dia extra" foi adicionado ao calendário a cada 4 anos.

Este novo calendário "Juliano" foi usado em todo o Império Romano e por várias igrejas cristãs. Naquela época, fevereiro era o último mês do ano.

Inicialmente, o calendário romano contava apenas 355 dias, que era basicamente um calendário lunar, e a transição para o calendário juliano faria com que os feriados ficassem fora de época, assim como as comemorações especiais e as estações do ano, portanto Julio César adicionou 90 dias extras no ano 46 aC, que foram divididos em três meses temporários.

Um mês foi adicionado entre fevereiro e março; outros dois meses (Intercalaris Antes e Intercalaris Posterior) foram adicionados depois de novembro. O resultado final foi um ano de 15 meses e 445 dias de duração, e foi apelidado de Annus Confusionus - O Ano da Confusão.

Então, para honrar a sua contribuição, Júlio César rebatizado o quinto mês, que anteriormente era conhecido como Quintilis, com seu próprio nome: Julho. Veja quantas mudanças importantes se consegue se você for um imperador, ou imperatriz!

O calendário Juliano ainda era falho

O calendário Juliano funcionou tão bem no começo que muitos países o adotaram. Infelizmente, ele era falho, sendo 0,0078 dia (cerca de 11 minutos e 14 segundos) mais longo do que o ano tropical.

Assim, o calendário Juliano adicionava um dia a cada 128 anos, o que significa que, a cada 128 anos, o calendário tinha um dia a menos, o que fez com que a data do feriado de Páscoa se tornasse imprecisa.

Como resultado, no ano de 1582 o calendário já estava completamente fora de sintonia com o ano solar (num total de 10 dias), e foi aí que o Papa Gregório XIII, aconselhado pelo matemático e astrônomo jesuíta chamado Christopher Clavius, fez uma intervenção criando o nosso calendário atual: o Calendário Gregoriano.

Em primeiro lugar, para sincronizar tudo novamente, 10 dias foram retirados do calendário após a quinta-feira de 4 de outubro de 1582, tornando o dia seguinte como sexta-feira, 15 de outubro. As pessoas sentiram que 10 dias tinham sido retirados de suas vidas, e houve protestos pelas ruas de toda a Europa. Os trabalhadores exigiam o pagamento desses 10 dias, mesmo sem ter trabalhado, e as pessoas comentavam que tinham 10 dias a menos de vida. Foi uma confusão total!

Em seguida, para sincronizar ainda mais o calendário gregoriano com o "século solar" (100 anos solares), criou se uma regra, pois precisaríamos ter 97 anos bissextos a cada 400 anos, e se tivéssemos 1 ano bissexto a cada 4 anos, teríamos 100 anos bissextos. Portanto,criou-se a seguinte regra:

"Todos os anos múltiplos de 4 que também não são múltiplos de 100, com exceção dos múltiplos de 400, são anos bissextos." E é por isso que o ano 2000 foi um ano bissexto, mas 1700, 1800 e 1900 não foram.

O calendário gregoriano, no entanto, não foi adotado pelas colônias americanas até 1752. E se você acha que 20 anos foi um período muito longo para as colônias americanas aceitarem o calendário gregoriano, saiba que isso não foi nada se compararmos com a Rússia, que finalmente aceitou o calendário gregoriano em 1918. E a Grécia foi ainda mais teimosa, pois só aderiu ao novo calendário em 1923! E ainda assim, o calendário gregoriano não é utilizado em todo planeta, já que alguns países como China, Israel, Irã, Índia, Paquistão, Argélia (entre outros orientais) ainda não utilizam o nosso calendário.

O calendário gregoriano tem provado ser muito superior que o calendário juliano. Durante um período de um ano, ele se adianta em apenas 26 segundos. Isso é um erro tão pequeno que não será necessário eliminar um dia no calendário, até por volta do ano 5300.

Space / Leap Year
Galeria do Meteorito

Marcos 13:30: Não passará esta geração...

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Pergunta: "O que Jesus quis dizer com ‘esta geração não passará?"

Resposta: Esta citação de Jesus no que diz respeito ao fim dos tempos se encontra em Mateus 24:34, Marcos 13:30 e Lucas 21:32. Jesus disse: "Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas essas coisas se cumpram." A chave para compreender o que Jesus quer dizer é o contexto, isto é, devemos entender os versículos antes e depois do versículo 34, mas especialmente os versículos antes. Em Mateus 24:4-31, Jesus está falando de eventos futuros. A geração de pessoas que vivem quando esses eventos ocorrerem é a geração que Jesus diz que "não passará" até que Ele retorne. Jesus já havia dito aos que viviam durante o Seu ministério terreno que o reino havia sido tirado deles (Mateus 21:43). Portanto, é imperativo que Mateus 24-25 seja visto como falando de um tempo futuro. A palavra "geração" refere-se às pessoas vivas no futuro quando os eventos de Mateus 24-25 ocorrerem.

Uma outra possibilidade é que Jesus estava dando uma profecia com um "cumprimento duplo". Parte do que ele estava prevendo ia ocorrer durante o tempo da geração a quem estava falando. Parte da profecia de Jesus pode ter sido cumprida quando os romanos destruíram Jerusalém em 70 DC. No entanto, outros aspectos da profecia de Jesus não ocorreram no ano 70 DC, como Mateus 24:29-31, por exemplo. O problema com essa visão é que não se harmoniza com a afirmação de Jesus de que "todas estas coisas" se cumpram "nesta geração". Portanto, é melhor entender "esta geração" como se referindo à geração com a qual os eventos do fim dos tempos ocorrerão.

Essencialmente, Jesus está dizendo que, quando os eventos do fim dos tempos começarem, eles vão acontecer rapidamente. Pode-se encontrar este conceito em muitas outras Escrituras (Mateus 24:22 e Marcos 13:20, Apocalipse 3:11; 22:7,12,20).

Got Questions Ministries