Versículos Pseudo-Bíblicos #1

domingo, 18 de dezembro de 2011


Numa época em que as experiência emocionais e as visões de líderes denominacionais se tornaram regra de fé e conduta, passando por cima até mesmo da Bíblia, não é de se admirar que começassem a surgir "novos versículos", extremamente populares nas igrejas mas que não são, nem nunca foram, escritos na Palavra de Deus. Tais versículos são frutos das mentes antropológicas e falta de conhecimento bíblico dos novos líderes-empresários e seus seguidores.

1. A palavra de Deus se renova a cada manhã.
Lamentações 3:22, 23 = As misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos; porque as suas misericórdias não têm fim. Novas são cada manhã; grande é a tua fidelidade.
Sabemos que a palavra de Deus se renova sempre, mas o versículo correto afirma que as MISERICÓRDIAS do Senhor (e não a palavra, como diz o ditado popular) se renovam a cada manhã.

2. Dê um passo para Deus, que Ele dará dois passos para você.
Tiago 4:8 = Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós. Limpai as mãos, pecadores; e, vós de duplo ânimo, purificai o coração.
Essa é uma adaptação antropológica do versículo escrito por Tiago. Nós devemos sempre dar mais passos para Deus do que Ele para nós, afinal, somos nós quem precisamos Dele.

3. Deus tarda, mas não falha.
Lucas 18:7 = E Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a Ele de dia e de noite, ainda que tardio (longânimo) para com eles?
Tardio significa ânimo longo neste versículo, mas o povo distorceu o sentido real, e dizem que Deus demora a agir, o que não é verdade, pois Deus sempre age no momento certo.

4. Disse Jesus: Eu venci o mundo, e vós vencereis também. João 16:33 = Tenho-vos dito isso, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo.
Que Jesus venceu, isso nós sabemos, mas o versículo termina aqui, mas os líderes, pra motivar o povo, acrescentou que nós venceremos também. Venceremos sim, com a nossa fé e a graça de Deus, mas a questão é que o versículo não diz nada sobre isso.

5. Não cai uma folha de uma árvore se Deus não permitir.
Ezequiel 17:24 = Assim saberão todas as árvores do campo que eu, o SENHOR, abati a árvore alta, elevei a árvore baixa, sequei a árvore verde e fiz reverdecer a árvore seca; eu, o SENHOR, o disse e o farei.
Um versículo que ilustra a Soberania e a Provisão de Deus, deu lugar a uma frase distorcida, acho que existem coisas bem mais importantes para Deus do que permitir ou não a queda de uma folha.

6. Na presença de Deus, até a tristeza salta de alegria.
Jó 41:1a, 22 / 1a  = Poderás pescar com anzol o leviatã {ou crocodilo}...? - 22 = No seu pescoço {do crocodilo} pousa a força; perante ele {o crocodilo}, até a tristeza salta de prazer {na versão original está escrito: "e diante dele salta o desespero"}.
Está certo que perante Deus não existe tristeza, mas o versículo é uma figura de linguagem que se refere ao crocodilo, e não a Deus.

7. O cair é do homem, o levantar é de Deus.
Apocalipse 2:5 = Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; quando não, brevemente a ti virei e tirarei do seu lugar o teu castiçal, se não te arrependeres.
Neste versículo, João revela que o cair e o levantar é do homem, e Deus espera que nos levantemos. Já em outras situações, tanto o cair, quanto o levantar, vem de Deus. Essa frase é uma invenção dos líderes contra as heresias do "cair no poder".

8. Quem não vem por amor, vem pela dor.
Para início de conversa, essa frase é um lema do espiritismo, mas muito propagado nas igrejas evangélicas. Algumas pessoas vêm pela dor, outras por amor, e outras nunca se chegarão a Deus, mesmo com muito sofrimento e dor.

Diego Rodrigo Souza
Creio No Amanhã

Alma: Tricotomia X Dicotomia

sexta-feira, 2 de setembro de 2011


Um dos assuntos que geram mais confusão nas igrejas cristãs, católicas ou protestantes, é a questão da composição do homem. Afinal, o homem é tricotômico (corpo, alma e espírito) ou dicotômico (corpo e espírito)? Para entendermos essas diferenças a luz da bíblia, devemos entender o que seriam cada uma dessas três partes:

Corpo: É a parte material e visível do ser humano. Foi essa parte que surgiu através do pó da terra, na criação do homem no Éden. Essa parte é a mais frágil, pois sofre a ação do tempo, e de todos os fatores terrenos, além de ser mortal. Quando o corpo morre, ele está voltando a ser o que era no princípio: "E o pó volte à terra, como o era..." (Eclesiastes 12.7a).


Espírito: É a parte invisível do homem e é a que, junto com o intelecto (faculdade do corpo) se comunica com Deus. Essa parte é imortal e não sofre a ação dos fatores terrenos, como o tempo, a fome, a sede... O corpo (intelecto) e o espírito devem estar em harmonia para adorar a Deus através do “culto racional” (Romanos 12:1). Os cristãos que conseguem adorar a Deus nessa harmonia (intelecto + espírito) são os que adoram a Deus "em espírito e em verdade" (Jo 4:20- 24). Quando o corpo morre, o espírito volta a Deus (ou para ser recompensado ou para ser julgado): "E o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu." (Ec 12:7).

Alma: Essa é a parte que muitos acabam por não entender, ou não sabem explicar bem. Para os tricotômicos, alma é a parte responsável pelo intelecto e pelas emoções humanas. Essa afirmação não é fiel a origem dessa palavra e nem ao que conhecemos sobre o ser humano. É claro e evidente que o centro das emoções humanas e do intelecto é o cérebro, ou seja, é ele quem comanda nossas ações humanas. Assim, não existe algo que comande o espírito e o corpo ao mesmo tempo. Por isso a Bíblia diz que "o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne (desejos do corpo) é fraca. (Marcos 14:38b). E o apóstolo Paulo afirma: "Porque não faço o bem que quero (presente no espírito), mas o mal que não quero (presente no corpo) esse faço". (Romanos 7:19). O espírito dos cristãos sempre gostará de fazer o bem, mas o corpo, caído após o pecado de Adão, sempre gostará de fazer o mal. Note que nesses dois versículos a ideia de alma não aparece.

A Origem da Alma:

A palavra Alma vem do latim "anǐma", que teve a sua origem no grego "psiquê" e no hebraico "nephesh". Tanto psiquê, quanto nephesh, representam a vida que possuimos, e não uma parte de nós. Nossa vida não é uma parte de nós, mas somos nós por completo.

A fonte de todos os sentimentos é o cérebro. Sendo assim, minha alma é meu cérebro?
Paulo diz haver uma luta entre a carne e o espírito, mas nada falou sobre um terceiro elemento (a alma). Os escritores bíblicos entendiam alma como vida, e não como uma parte a mais em nós. Dizer que alma é a fonte dos sentimentos é apenas forma poética. É o mesmo que dizer que o coração é a fonte dos sentimentos, e sabemos que o coração tem outras funções bem diferentes que essa.

Os antigos diziam: "O Senhor sonda os meus rins"
Hoje dizemos: "O Senhor sonda o meu coração".
E o sentido real é: "O Senhor sonda o meu interior".

Alma é a palavra que, no sentido real, significa "vida". Vemos isso claramente na frase popular: "A propaganda é a alma do negócio". A frase não significa que a propaganda é uma parte diferente dentro do negócio, mas sim que é a "vida" do negócio.

“Como o corpo sem o espírito está morto, assim a fé sem as obras é morta” (Tg 2:25).
E onde está a alma? Edmond Jacob afirma, sobre a alma (nephesh):
“Nephesh é o termo usual para a natureza total do homem, para o que ele é e não apenas pelo que tem... Por isso a melhor tradução em muitos casos é ‘pessoa’".

Hebreus 4:12: "Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração."

Parece defender a tricotomia?
Mas é apenas uma forma figurada, poética até, de ensinar o poder da Palavra de Deus.
Vemos isso, pois juntas e medulas não tem nada em comum.
Não existe divisão de juntas e medulas, assim como divisão de alma e espírito.
Ele usou uma figura de linguagem pra explicar sobre a Palavra.
Talvez ele quisesse dizer: divisão da vida e do espírito, ou do espírito e da pessoa.

Outro detalhe: coração não tem intenção nenhuma, e nem pensa, pois isso são funções do cérebro, Paulo estava usando linguagem figurada.

Ainda sobre a palavra "alma": Derivada das palavras: nephesh, psiqué, bios, zoe, representa a vida.
Dela se originaram palavras como: psicologia, biologia, psiquiatria... Tudo relacionado ao intelecto ou a vida. Na Bíblia, vemos essas palavras traduzidas, ora por alma, ora por outras palavras.

Então, após essa análise, podemos afirmar que Alma é o nosso ser interior como pregam os tricotômicos? Só se ignorarmos o que a Bíblia afirma, e acreditar em pregações antropocêntricas.

Alma, na Bíblia, é descrita como:
Sangue (dos animais): um erro que leva as Testemunhas de Jeová a não doarem sangue.
Espírito: as vezes alma e espírito são descritas como a mesma coisa.
Rins: Achavam que os rins eram a parte mais íntima do homem.
Coração: Como hoje ainda confundem.

Mas em todas essas explicações, alma é uma representação do nosso interior, ou de nossa vida.
Ela representa, mas NÃO É.
NUNCA é descrita como uma parte separada em nós
I Ts 5: 23:
Quando Paulo ora pelos tessalonicenses para que o espírito, alma e corpo possam ser guardados, ele não está tentando separar o homem em três partes, mas estava falando da totalidade da santificação no homem. Devemos ser santos em nosso corpo, espírito e em nossa vida completa.
Existem pessoas que procuram ser santas no corpo (vestimentas p.ex.), mas dão mal testemunho.
Existem pessoas que são muito "espirituais" (fariseus modernos), mas dão mal testemunho tmbm.

Paulo diz que não basta ser santo na carne ou no espírito, mas em todo nosso ser, nossa vida (ou, nas palavras dele, nossa alma).

Afirmar que ele dividiu o homem em três partes, é o mesmo que afirmar que Jesus dividiu o homem em QUATRO partes. Ele disse: “Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de toda a tua força (Lc 10.27).
Será que somos coração, alma, entendimento e força?
Esta passagem, portanto, também não proporciona qualquer base para a visão tricotômica da constituição do homem. Sendo assim, baseado na origem da palavra alma (grego, hebraico e latim), e no que a Bíblia afirma sobre o homem, posso dizer que o ser humano é corpo e espírito.

Diego Rodrigo Souza
Defesa da Fé/Creio No Amanhã

Silas "Malafeita".

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

O pastor Silas Malafaia, 53, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, deu uma pausa na polêmica contra os ativistas gays para pedir aos fiéis uma doação “extra” de R$ 911. A expectativa dele é obter pelo menos R$ 8,5 milhões. Ele informou que os doadores receberão em “agradecimento” um exemplar da Bíblia da Oração do pastor americano Morris Cerullo, “uma autoridade em batalha espiritual” que, disse, mais uma vez se encontra no Brasil em missão evangelizadora.

Malafaia publicou no site do seu ministério que a arrecadação “extra” será destinada a quatro projetos. Treinamento de uma semana a 2.500 pastores e 500 jovens, com ao custo estimado em R$ 4 milhões; compra de aparelhos de gravação de TV pela tecnologia HD (R$ 2,5 milhões), Cruzada Vida Vitoriosa para Você de dois dias a São Luíz (R$ 1 milhão) e outra cruzada a Fortaleza, também apenas de dois dias (R$ 1 milhão).

Os pedidos de Malafaia aos devotos costumam ser tão eloquentes quanto a sua oratória. Em agosto de 2010, por exemplo, lançou o “Clube de 1 milhão de Almas” cujo objetivo era obter R$ 1.000 de 1 milhão de fiéis.

Ele não se acanha em pedir dinheiro, como, aliás, outros pastores. Até já chegou a pedir a desempregados 30% da ajuda que obtivessem de parentes e amigos.

O Verbo / Vitória em Cristo

Música Gospel Pseudo-Cristã

quarta-feira, 6 de julho de 2011


 O que anda acontecendo com a música cristã evangélica? Desde que a praga conhecida como "gospel" se instalou no Brasil, igrejas viraram boates e músicas cristãs deram lugar a batidas seculares. Se a palavra "igreja", no original grego, significa "chamados para fora", porque então ao invés dos cristãos saírem para ganhar o mundo, acabam trazendo o mundo para dentro das igrejas?
Nesta triste realidade atual, de trazer o sistema mundano para dentro das igrejas, a música cristã se torna secular. Cantores e bandas espirituais e ungidos como Asaph Borba, Adhemar de Campos, Carlinhos Félix, Álvaro Tito, Logos, Altos Louvores, Prisma, Vencedores por Cristo, etc., deram lugar a cantores e bandas que só envergonham o evangelho de Cristo, mas que ganham milhões com a venda de seus cds e dvds.

E nesse processo de secularização da música cristã até cantores outrora simples e ungidos se tornaram máquinas de ganhar dinheiro, compositores estão escrevendo letras cada vez mais pobres e heréticas, mas como a maioria dessas letras têm forte apelo emocional e antropológico, acabam caindo na graça do povo. É nessa que crentes espalham as hererias e a pobreza espiritual de músicas como "Sabor de Mel" da cantora Damares, "Debaixo do meu pé", da Comunidade da Zona Sul, e outras piores como as músicas de  funks gospel, Pâmela, Aline Barros (Pós-MK), Régis Danese, axé gospel, Oficina G3 (que após a saída do PG mal conseguimos ouvir a voz por trás da barulheira dos instrumentos)...
Esses com certeza são sempre lembrados pela mídia e pelos crentes, pois este é o interesse deles, vender cds, enquanto os verdadeiros músicos cristãos, em sua maioria, ja caíram no esquecimento. Muitos podem achar que isso tudo não é verdade, que a música cristã continua espiritual, etc. Aos que pensam dessa forma, sugiro que escutem músicos como Logos, Prisma, VPC, Asaph Borba, Carlinhos Félix, Life, Hagios, Banda Rara, Semente, João Alexandre, Elo, Banda & Voz, Marcos Góes (e as grandes vigílias)...

E digo mais, podem comparar os valores cobrados por estes ungidos e os valores cobrados pelos vendedores de cds atuais. Com certeza perceberão a diferença entre um servo do Senhor e os vendedores de cds e enganadorores de crentes da música evangélica atual.

Não troque os adoradores pelos animadores de auditório! Música cristã é CRISTOCÊNTRICA, e não antropocêntrica, como as de hoje, que atingem nosso emocional, e adormece o nosso espírito.

Encerro por aqui com a música "Um milagre, Senhor" do grupo Prisma Brasil:

Não consigo entender o que Tu vês em mim
Oh Senhor eu não sou o que devia ser
Mas só tu com amor me limpas de meu mal
Esse amor é que me ajuda a seguir.


Um milagre Senhor
Um milagre eu sou
Um milagre o Senhor
Tens feito em mim
Até findar meu viver
Dar-te-ei meu louvor
Um milagre o Senhor
Tens feito em mim.

Em caminhos de perdição andava eu
Mas com amor Tu traçaste um plano para mim
Respondeste minha oração de fé Senhor
Desde então só a ti, só a ti pertenço eu.

Um milagre Senhor
Um milagre eu sou
Um milagre o Senhor
Tens feito em mim
Até findar meu viver
Dar-te-ei meu louvor
Um milagre o Senhor
Tens feito em mim.


Diego Rodrigo Souza
Creio No Amanhã

As Heresias da Zooteologia


Por acaso você já percebeu que vivemos numa época onde se tem unção para todo tipo de gosto? Pois é, os adeptos da "zooteologia" acreditam que pessoas em estados alterados de consciência recebem da parte de Deus a mais variada unção de animais.

Diante disto sou obrigado a confessar que a unção da bicharada é algo que me deixa extremamente intrigado, até porque, não vejo em nenhum momento da Bíblia os apóstolos usufruindo de tais manifestações espirituais. Por acaso existem relatos nas Escrituras de Paulo latindo? Ou de Pedro uivando? Ou Timóteo rugindo? Claro que não. Entretanto, os adeptos da "zooteologia" acreditam que algumas pessoas recebem da parte de Deus a unção de animais, o que as faz latir como cães, pular como macacos, rastejar como cobras.

Lembro que há pouco tempo a Ana Paula Valadão e o ministério Diante do Trono protagonizaram uma das piores cenas já vistas (este video pode ser visto na página de videos bizarros deste blog). Movidos por aquilo que denominam de unção dos quatros seres viventes, os integrantes deste famoso grupo rugiam como leões, batiam os braços imitando as asas de uma águia, além de rolarem como bichos palco abaixo.

Caro leitor, sinceramente confesso que não sei aonde vamos parar. O que fizeram com o evangelho de Cristo? O que fizeram da sã doutrina? Diante disto tudo lhe pergunto: Que Cristianismo é esse? Que Evangelho é esse? Que doutrinas são estas? Ora, esse não é e nunca foi o evangelho anunciado pelos apóstolos. Antes pelo contrário, este é o evangelho que alguns dos evangélicos fabricaram! Infelizmente, a Igreja deixou de ser a comunidade da palavra de Deus cuja fé se fundamenta nas Escrituras Sagradas, para ser a comunidade da pseudo-experiência, do dualismo, do misticismo e do neomaniqueismo!

Como cristão repudio veementemente essa zooteologia exdrúxula que só serve para confudir o povo de Deus além obviamente de levar aos incautos deste século a blasfemarem contra o Senhor. Além disso, rogo ao Deus Todo-Poderoso que nos livre e guarde das loucuras e aberrações deste tempo!

Pr. Renato Vargens
Ministério CACP

Pr. Silas, contra a heterofobia: "E a TV Record?"

segunda-feira, 6 de junho de 2011


O pastor Silas Malafaia usou o Twitter para criticar a Rede Record de televisão que não noticiou em sua programação nacional a manifestação que aconteceu em Brasília no dia 1º de junho, juntando mais de 50 mil cristãos contra o projeto de Lei 122/2006 que torna crime toda opinião contrária ao homossexualismo.

Em seu microblog, o pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo cobrou a emissora de Edir Macedo, da IURD, o apoio para coibir esse projeto, considerado por ele e outros líderes, inclusive o senador Marcelo Crivella (bispo da IURD) como inconstitucional.

“Parabéns a Rede Globo, Band, SBT, RedeTV, CNT, Rede Boas Novas, TV Canção Nova, TV Câmara e TV Senado pela reportagem que fizeram do evento,” escreveu o pastor.
“Agora e a TV Record? Essa emissora comprada com o dinheiro do povo de Deus está mais a serviço da causa homossexual do que do Reino de Deus,” questionou Malafaia, que organizou a Marcha da Família.

O líder da Advec pediu aos seus seguidores (que somam mais de 130 mil pessoas) que enviem e-mails ao senador Crivella pedindo explicações. “Perguntem ao Senador Crivela (crivella@senador.gov.br) por que a Record (http://migre.me/4HL1u) não deu cobertura.”

Os internautas chegaram a criar uma hashtag no Twitter para questionar a emissora de Macedo sobre sua posição em relação ao PL 122.

“Será q a Record e o @bispomacedo são a favor da PL122 ou são tão egoístas assim? #quevergonhaRECORD,’ tuitou um internauta.

“Para não dar Ibope ao ‘concorrente’ Silas Malafaia, Record não cobre Marcha. #quevergonhaRECORD,” foram as palavras de outro tuiteiro.

Outros chegaram a dizer que a Record só pede ajuda aos cristãos quando está em guerra com a Rede Globo. “Só ficam do lado dos cristãos quando está de briga com a Globo por audiência! #QueVergonhaRecord”.

Gospel Prime

Atos Proféticos

quarta-feira, 1 de junho de 2011



Apesar de alguns evangélicos afirmarem que o Brasil experimenta um grande avivamento, vivemos dias extremamente complicados. Infelizmente a cada dia que passa, eis que surgem retumbantes nesta terra tupiniquim devastadoras heresias.

Em Curitiba, um grupo liderado pelo pastor da igreja, entendeu que deveria demarcar seu território com urina, como fazem os leões e lobos. Após beberem muita água para encher bem a bexiga, seguiram para pontos estratégicos da cidade e passaram a URINAR decretando a vitória do Senhor. Numa cidade do norte do Estado do Rio de Janeiro, um pastor resolveu confrontar o “padroeiro” do município. Para tal, ele vestiu-se de branco, colocou uma coroa na cabeça, montou em um cavalo também branco, escreveu na sua coxa Rei dos reis e adentrou as portas da cidade dizendo que a partir daquele instante o padroeiro daquele lugar não era mais são Jorge e sim Jesus Cristo.

O Ministério apostólico Libertador de Israel nos mostra outros tipos de atos proféticos:

- Cortar fios ou fitas, simbolizando a destruição de redes de tráfico e crime organizado.
- Quebrar botija, simbolizando a quebra de sistemas mundanos.
- Jogar flechas
- Sentar em torno de uma mesa, simbolizando a restauração familiar.
- Arrancar e plantar árvores, simbolizando retirada dos maus frutos e começo dos bons.
- Enterrar e desenterrar dinheiro, simbolizando arrancar os tesouros escondidos.
- Orar em frente a grandes bancos, ordenando a liberação financeira.
- Ungir em frente a locais de idolatria.
- Fincar estacas demarcando limites para conquista
- Dar sete voltas em torno de locais a serem conquistados.
- Rasgar papéis que simbolizam contratos espirituais.
- Marchas proféticas delimitando territórios.

Caro leitor, vamos combinar uma coisa? Esse povo ensandeceu! Eu não consigo imaginar Paulo e Pedro agindo desta maneira. Sinceramente eu não sei de onde esses caras tiram essas idéias! Ora, isso está mais para macumba do que para Cristianismo. Prezado amigo o evangelho de Cristo é simples (2 Co 11.3,4). Nossa missão é orar e jejuar, amar e estudar a Palavra de Deus, além de anunciar com intrepidez a mensagem da cruz ao mundo perdido (1 Co 1.18,22,23; 2.1-5). Nada além disso!

Sem a menor sombra de dúvidas as praticas litúrgicas dos neopentecostais fazem-nos por um momento pensar que regressamos aos tenebrosos dias da idade média, onde o misticismo, a “mercantilização” da fé, bem como as manipulações religiosas por parte de pseudo-apóstolos, se mostram presentes. Confesso que não sei aonde vamos parar. Ao ler aberrações como as narradas acima, sinto-me profundamente inquieto com os rumos da igreja brasileira.

Isto posto, faço minhas as palavras do reformador alemão Martinho Lutero:

"Fiz uma aliança com Deus: que Ele não me mande visões, sonhos, nem mesmo anjos. Estou satisfeito com o dom das Escrituras Sagradas, que me dão instrução abundante e tudo oque preciso conhecer tanto para esta vida quanto para o que há de vir"

O reformador João Calvino costumava dizer que o verdadeiro conhecimento de Deus está na Bíblia, e de que ela é o escudo que nos protege do erro.

Em tempos difíceis como o nosso precisamos regressar à Palavra de Deus, fazendo dela nossa única regra de fé, prática e comportamento, até porque, somente assim conseguiremos corrigir as distorções evangélicas que tanto nos tem feito ruborizar.

Pr. Renato Vargens
Ministério CACP

Vale a Pena Escutar de Novo.

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Para quem gosta da verdadeira música cristã, feita em louvor a Deus, resolvi deixar para os leitores uma lista de 60 músicas, para que todos os cristãos ouçam, pelo menos uma vez na vida:

1. Não Temas (Logos)
2. Rei das Nações (Vencedores por Cristo)
3. Cantarei para Sempre (Comunidade de Nilópolis)
4. Infinitamente mais (Asaph Borba & Life)
5. Tu és Soberano (Koinonya)
6. Um milagre, Senhor (Prisma)
7. Acredita (Novo Som)
8. Aquele que me ama (Semente)
9. Descerá sobre ti / Vento do Espírito (Comunidade de Nilópolis)
10. Basta querer (Carlinhos Félix)
11. Ser feliz (Altos Louvores)
12. Ao meu lado (Canto da Terra)
13. Isaias 60 (Comunidade da Vila da Penha)
14. Anjos (Marcos Góes)
15. Lágrimas no Olhar (Altos Louvores)
16. Vem Espírito (Rhema)
17. Falando de vida (Banda & Voz)
18. Você pode ter (Vencedores por Cristo)
19. Deus da Colheita (Prisma)
20. Mais que um sonho (Hagios)
21. Alfa e Ômega (Sonoros)
22. Consagração (Comunidade da Vila da Penha)
23. Há momentos (Kadoshi)
24. Autor da minha fé (Elo / Logos)
25. Todo Poderoso (Jeová Nissí)
26. Se não for pra te adorar (Fernandinho)
27. Pretendendo te merecer (Ivanilson)
28. Grande é o Senhor (Adhemar de Campos)
29. Primeiro amor (Rebanhão)
30. Brilhante (Altos Louvores)
31. Minh´alma engrandece (Asaph Borba & Life)
32. A incomparável Glória de Deus (Comunidade da Zona Sul)
33. Deus do Impossível (Muito Mais)
34. Filho de Davi (David Quinlan)
35. Cristo te levantará (Marquinhos Gomes)
36. Oferta de amor (Koinonya)
37. Louvemos ao Senhor (Adhemar de Campos)
38. Sobre as águas (Trazendo a Arca)
39. Luz (Novo Som)
40. Estrela da Manhã (Banda Rara)
41. Asas da Alva (Prisma)
42. Mão no Arado (Logos)
43. Carvalhos de Justiça (Josué Rodrigues)
44. Rei dos reis (Comunidade da Vila da Penha)
45. Getsêmani (Leonardo Gonçalves)
46. Não há barreiras (Alvaro Tito)
47. Não Tenhas Sobre Ti (MILAD Agua Viva)
48. Ele é a razão de viver (Som Maior)
49. Um Milagre em Jericó (Marcelo Nascimento)
50. Sonda-me (Robson Nascimento e Aline Barros)
51. Deus é Deus (Delino Marçal)
52. Santo Espírito (Laura Sougellis)
53. Vou voar (Marcos Aurélio)
54. Glorifica (Projeto Vida Nova de Irajá)
55. Jesus é a aliança (Comunidade de Nilópolis)
56. Ladrão de sepulturas (Hagios)
57. Vontade do Pai (Aline Barros)
58. Levanta-te (Alvaro Tito)
59. Rompendo em fé (Comunidade da Zona Sul)
60. O Espírito e a Noiva Dizem: Vem (Diante do Trono)

Diego Rodrigo Souza
Creio No Amanhã

Reino, Graça ou Poder? A Trindade Gospel!

domingo, 13 de março de 2011


Reino Universal, Graça Internacional ou Poder Mundial?

Macedo e Soares:
Tudo começou em 9 de julho de 1977, quando se abriram oficialmente as primeiras portas da futura Igreja Universal,que sem condições de alugar um imóvel próprio, o então pastor Edir Macedo iniciou as suas primeiras reuniões num coreto do Jardim do Méier, zona norte do Rio de Janeiro. Naquela época as divulgações da igreja eram feitas por dez obreiros, que colavam folhetos nos postes e convidavam as pessoas para participar das reuniões. Depois de algum tempo, Macedo alugou um galpão que era uma antiga fábrica de móveis no número 7.702 da Avenida Suburbana, que atualmente é um templo que comporta mais de 2 mil pessoas sentadas.

Depois Edir Macedo, com o apoio de Romildo Ribeiro Soares, decidiu criar sua própria igreja. Após a criação da igreja, Soares desligou-se da IURD e fundou a Igreja Internacional da Graça de Deus. Ambos eram membros da Igreja Pentecostal de Nova Vida antes de fundarem a IURD. As sucessivas separações teria ocorrido pela diferença do foco entre McAlister (fundador da Nova Vida) e os pastores R. R. Soares e Edir Macedo, e depois entre estes, como afirma o livro O Bispo - A História Revelada de Edir Macedo.

Daí já se nota que o "Missionário" R.R Soares e o Bispo Macedo têm a mesma origem e quase os mesmos pensamentos doutrinários, embora Macedo seja mais ganancioso quando se trata de dinheiro e poder.

Macedo e Santiago.
Mas uma trindade não se faz com duas pessoas, e sim três. Por isso faltou citar a terceira pessoa da trindade gospel: Waldemiro Santiago.

Waldemiro Santiago de Oliveira é o líder e fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus.
Durante o período em que foi bispo da IURD alcançou destaque entre os demais pastores daquela igreja, tendo sido considerado um dos potenciais sucessores de Edir Macedo.
Na Igreja Universal, atuou por 18 anos e se desligou em 1997, depois de um suposto desentendimento com o líder evangélico. Logo após fundou a Igreja Mundial do Poder de Deus, sendo que o pesquisador da área da sociologia da religião, Ricardo Mariano, afirma que as crenças e práticas mágico-religiosas da Mundial são uma cópia da Universal. Sendo que, além de convidar parte da cúpula da IURD, atraiu também dezenas de pastores, prática que foi abandonada, quando membros da Mundial começaram a temer que houvesse pastores da IURD infiltrados entre os pastores da Igreja Mundial do Poder de Deus.

Internacional do Poder, Universal da Graça e Mundial do Reino...

Resumindo, essas três igrejas tem ligações bem próximas (além dos nomes). R.R Soares (dono da Graça) fundou, com Macedo, a Universal (do Reino). E o "apóstolo" Waldemiro (dono do Poder) era um dos grandes nomes dentro da Universal.

Seriam eles: Macedo (dono do Reino), Soares (dono da Graça), e Waldemiro (dono do Poder), defensores das mesma ideias heréticas?

Soares e Macedo tem ideias muito semelhantes, suas igrejas tem doutrinas parecidas em certos aspectos, embora o Macedo seja mais desinibido e o Soares seja mais comedido.

Mas nas duas tem sal grosso, shows (ao invés de cultos), rosas, ocutismos, "lavagens" espirituais, etc.
Na Mundial tem os milagres do "apóstolo", e até o seu suor anda sendo usado para curar.

Seriam eles três apenas a personificação de uma mesma doutrina?
Com certeza sim. A Teologia Próspero-Miraculosa é dividida nessas três pessoas.
Eles pregam e ensinam a mesma coisa?
De certa forma sim, mas com aspectos diferentes. Mudam a roupa das doutrinas mas não mudam o corpo.
Eles são mesmo uma pedra no sapato da verdadeira Igreja?
Pedra não, mas montanhas inteiras. Pessoas honestas caem nas pregações antropológicas desses três.
Quem tem razão entre eles? O criador (Macedo), o coadjuvante (Soares) ou a criatura (Santiago)?
Junte os três e veja no que dá... nojo, horror, aversão e tudo mais. Nesse circo de horrores ninguém tem razão, pois nenhum dos três pregam o Evangelho de Cristo, que morreu por nós e voltará em Glória.
Para mim todos os três são hereges em busca de algo em comum: Dinheiro e poder.

Milagre Urgente X Show da Fé X Descarrego:

Milagre Urgente (Poder): Que eu saiba, todo milagre é humanamente urgente, mas divinamente providencial. Deus age quando ELE quer. Ainda que nós julguemos algo como urgente, Deus tem tudo planejado e preparado para nós.

Show da Fé (Graça): Se fé é a certeza das coisas que NÃO SE VÊEM...
Então, como pode ter um show assim?
Show, em inglês, é "mostra". Como posso mostrar algo que não se vê?
Fé não se mostra, FÉ SE VIVE e se PRATICA!
A fé correta deve ser alicerçada em Deus, e não nas grutas, rosas, corredores, sabonetes...

Descarrego (Universal): Sem comentários né.
Fogueira santa, rosas, sal grosso, descarrego... tudo muito espírita. Muito esoterismo, ocultismo, simbolismos pagãos... Até hoje existe o comentário, não confirmado, que a IURD teria sido convidada a se tornar uma entidade espírita.

Nota-se que nem preciso entrar em detalhes nas doutrinas de cada igreja, pois uma simples e superficial análise ja nos mostra que essas empresas estão longe, mas beeeem longe de serem igrejas genuinamente cristãs. Nelas vemos de tudo: lavagem de dinheiro, milagres duvidosos, rosas ungidas, água benta de Israel, campanha da prosperidade financeira, grutas milagrosas, exorcismos na televisão...

Palavra que é bom... nada!

E só nos resta clamar: MARANATHA, ora vem Senhor Jesus!

Diego Rodrigo Souza
Creio No Amanhã

Louvor: Koinonya + Altos Louvores

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Eis uma pergunta difícil de se responder:
Quem foi mais importante para a música cristã? Koinonya ou Altos Louvores?

Na minha opinião ambos foram igualmente importantes, a julgar pelo número de canções e de cantores e músicos que já passaram por estes dois ministérios.

Ministério Altos Louvores:

“Cuida do Ministério que recebeste do Senhor, para o cumprires" (Col. 4:17).

Inspirado no versículo acima, surgiu em 1985 o Grupo Altos Louvores, reunido pela primeira vez num festival de música sacra promovido pela Convenção Batista Nacional, organizado por seu diretor de música, Edvaldo Novais. Considerada uma das maiores bandas da música gospel do Brasil, seu ministério tem sido marcado por belíssimas canções, inspiradas por Deus, por milhares de vidas resgatadas e pela visão de seu idealizador em descobrir talentos, lançados no cenário da música gospel nacional e, até internacional. Integraram o Grupo Altos Louvores, nomes como Sérgio Lopes, Eyshila, Marquinhos Gomes, Léa Mendonça, Josyane, Lyslane, Roberta Di Angellis e outros. Foram muitos trabalhos fonográficos gravados, com músicas que encantaram gerações e são ouvidas até hoje. Verdadeiros clássicos da música gospel, como Brilhante, Entre Nós Outra Vez, Ser Feliz, Para Onde Vão as Aves, Lágrimas no Olhar, Caminhada, Confiança, etc... Essas músicas ultrapassam o tempo e vêm atingindo corações com suas mensagens divinas. Com mais de um milhão de cópias vendidas e vários troféus conquistados ao longo desses anos, nas mais diversas categorias, o Grupo Altos Louvores se projeta como um ministério inspirado por Deus, com músicas que têm como característica a poesia, a suavidade, a mensagem respaldada na Bíblia Sagrada e o romantismo de seu ritmo, atingindo todas as idades.

Discografia:

Meu Grande Eu Sou (1985)
Anseios (1986)
Pra onde vão as Aves (1987)
Brilhante (1988)
Poucas palavras (1989)
Meu querer (1990)
A Força do Amor (1991) 
Lágrimas no Olhar (1993)
Confiança (1994)
Santo dos Santos (1995)
Vencedor (1996)
Expressão de Amor (1998)
Invencível (2001)
Olhos da Fé (2007)

Ministério Koinonya:

O Koinonya nasceu na Comunidade Evangélica de Goiânia, numa parceria entre Robson Rodovalho, Asaph Borba e Benedito Carlos (Bené Gomes). No final de 1984, ao participar de um retiro para líderes da sua igreja, as coisas começaram a tomar uma direção. No final de 1985, em outubro, Bené Gomes se envolveu em um acidente de carro da BR-153, onde quase perdeu a sua vida, dado a gravidade do acidente. Alguns dias depois fez sua primeira música que faria a diferença: "Quem Pode Livrar Como o Senhor?". Em 1990, Bené Gomes se transferiu para Brasília, como pastor da Comunidade Evangélica de Brasília, onde gravou em 1991 um disco intitulado "Digno", com músicas suas e de músicos de Brasília. Tiveram participações especiais nesse disco Asaph Borba, Alda Célia, e Ludmila Ferber. Em 1992, o Ministério Koinonya transferiu a sua base de Goiânia para Brasília, onde permaneceu até 2001.

O ministério de Robson Rodovalho deu apoio ao Koinonya desde o princípio, pois ele era pastor na Comunidade Evangélica de Goiânia e na Comunidade Evangélica de Brasília. Atualmente, ele gesta a Comunidade Evangélica Sara Nossa Terra, da qual é fundador. A pastora Ludmila Ferber, apesar de ter congregado com o grupo em Goiânia e Brasília, fundou com o marido uma igreja no Rio de Janeiro, em Copacabana, chamada Igreja Celular Internacional.
O Ministério Koinonya gravou músicas inesquecíveis: Quem Pode Livrar?, Ao Único, Oferta de Amor, Aliança, Espírito Enche, Sala do Trono, Meu Prazer, Jeová é o Teu Cavaleiro, Tu és Soberano, Espírito de Deus, Maravilhoso e muitas outras músicas que ainda fazem parte do repertório das igrejas. Entre os nomes consagrados através do Koinonya estão: Bené Gomes, Márcio Pereira, Kléber Lucas, Alda Célia, Silvério Peres, Geraldo Alcântara, Ludmila Ferber e, mais recentemente, Nádia Santolli. Hoje o Koinonya e o Bispo Bené Gomes não estão mais vinculados a Sara Nossa Terra, com isso o Koinonya tem como único líder o bispo Bené, ao contrário de antes, que era ele e o pastor Marcio Pereira.

Discografia:

Adoração 1: Aliança (1988)
Adoração 2: Sara a Nossa Terra (1989)
Adoração 3: Derramarei... (1990)
Adoração 4: Eternamente (1991)
Adoração 5: Quebrando as Maldições (1992)
Adoração 6: Ao Criador dos Céus (1993)
Adoração 7: Filho do Homem (1994)
Adoração 8: Maravilhoso És (1995)
Adoração 9: Vem, Espírito Santo (1996)
Adoração 10: Celebrando a Vitória (1997)
Adoração 11: O Ano da Graça (1998)
Adoração 12: Unção de Avivamento (2001)
Adoração 13: Vinho Novo (2002)
Adoração 14: Intimidade com o Pai (2004)
Brisa Suave (2006)
Incendiando Corações (2008)

Eu, como apreciador da verdadeira música cristã brasileira, recomendo a todos que ouçam as músicas destes dois ministérios, e com certeza lembrarão dos tempos áureos do aqui no Brasil.

Diego Rodrigo Souza
Creio No Amanhã

Fantástico: Adultério agora é bíblico!

sábado, 5 de fevereiro de 2011

                     

Educação Cristã: O nosso desafio.

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

EDUCAÇÃO CRISTÃ: O NOSSO DESAFIO.

A igreja contemporânea precisa descobrir um modelo educacional que culmine na sua plena realização, ou seja, na descoberta da sua identidade local. Esta pode ser trabalhada a partir do questionamento: “Que tipo de Igreja desejamos ser?” ou: “Como Igreja, o que devemos fazer?” O que estamos fazendo hoje, de certa forma, determina o nosso amanhã. Movidos pela força do Senhor, temos conseguido vitórias que demonstram nosso compromisso com o Reino de Deus. Entretanto, nosso compromisso mais desafiador está na formação do cristão. A igreja, para alcançar o objetivo do ensino, precisa investir com muito amor na formação daqueles que estão caminhando na construção do Reino de Deus.

A educação cristã é a dimensão mais fundamental e significativa da missão que o Senhor Jesus Cristo entregou à sua Igreja: “ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado” (Mt 28.20). “… até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo, para que não mais sejamos como meninos, agitados de um lado para outro e levados ao redor por todo vento de doutrina…” (Ef 4.13,14). Entendemos que, como povo de Deus (1 Pe 2.9,10), devemos nos empenhar na vivência do evangelho e, principalmente, ensinando a verdade revelada e ministrada aos nossos irmãos em Cristo Jesus.

A relevância da Educação Cristã está diretamente ligada à contextualização da mensagem bíblica e ao seu relacionamento com a experiência cotidiana do cristão, visando sempre a dar-lhe condições de atingir a maturidade cristã. A formação da nova criatura em Cristo, visando levá-lo à sua plena maturidade, é uma impossibilidade sem a operação do Espírito Santo na vida humana. Dai, a relevância da oração, da comunhão com Deus e do exemplo cristão, na vida daqueles que se colocam como instrumentos de Deus para a consecução de tal propósito.

O programa de Educação Cristã deve levar o educando a estudar a Bíblia, além de despertar o seu interesse para o exame mais amplo e profundo das Escrituras: “Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim” (Jo 5.39). “Ora, estes de Beréia eram mais nobres que os de Tessalônica, pois receberam a palavra com toda a avidez, examinando as Escrituras todos os dias para ver se as coisas eram, de fato, assim” (At 17.11).

Através de séculos, a Escola Dominical tem sido um instrumento especial de educação. No sentido mais completo do termo, a Escola Dominical é altamente significativa na vida das igrejas cristãs. Ela desempenha um papel importante no processo de continuidade da cultura religiosa que precisa ser transmitida às novas gerações. Além disso, a Escola Dominical fortalece a visão doutrinária, na medida em que oferece um espaço aberto para pensar e repensar os aspectos fundamentais de nossa fé cristã. Em sua missão, ela vai mais longe ainda, pois sua vocação é formadora, evangelizadora e missionária. Hoje estamos sendo desafiados a uma reflexão séria em torno da Escola Dominical, pois do contrário a igreja local em sua missão fracassará no tocante à formação do cristão em todos os sentidos.

Susana de Lima Ferreira
Baseado no artigo da Revista Igreja.

A Pedagogia de Jesus


A PEDAGOGIA DE JESUS
(Texto baseado no livro: A Pedagogia de Jesus. De J. M Price)

Jesus é modelo não só de vida mais de mestre. Sua pedagogia, seu procedimento, suas estratégias precisam fazer parte do professor da atualidade.
O evangelho de Mateus é um dos que mais enfatiza sobre o ensino. A atividade educacional de Jesus mostra-se de forma bem clara.
A partir da leitura do evangelho de Mateus o professor pode manter-se inspirado como um belo modelo a ser seguido para todo aquele que deseja aprender e ensinar.
A didática de Jesus era perfeita.

Um breve relato sobre a Escola Dominical.

Na época da reforma, instituição foram fundada para o publico infantil. Atribui-se o surgimento da escola dominical á Robert Raikes (1736 – 1811) que pertencia a igreja episcopal.

Robert Raikes deu início ao trabalho em julho de 1780 e esta iniciativa deu-se devido a sua preocupação com as crianças carentes que eram exploradas no trabalho por causa do capitalismo inglês. Tratava –se de uma escola popular gratuita. Em 1783 já haviam sete escolas dominicais e em casas particulares, sendo assim a escola passou das casas para o templo.

A idoneidade de Jesus para ensinar – Ninguém esteve melhor preparado, e ninguém se mostrou tão idôneo para ensinar do que Jesus. No que toca as qualificações, bem como noutros mais respeitos, Jesus foi o mestre ideal. Isto é verdade tanto visto no ângulo divino como do humano. No sentido mais profundo. Jesus foi um mestre vindo da parte de Deus. Muitos elementos contribuíram para prepará-lo eficientemente para o magistério. Alguns elementos eram meramente humanos, outros divinos, alguns lhe eram inerentes, e outros ele os desenvolveu. Quando os consideramos, nos sentimos estimulados e inspirados para cumprir nossa tarefa de professor.

O fato de Jesus viver aquilo que ensinava inspirava confiança naquilo que ele dizia.
O povo viu corporificado no que ele praticava aquilo que ele queria q eles fizessem. Anotavam como ele se comportava diante da tristeza, da crítica, do desapontamento, da perseguição.

O seu modo de viver reforçava e dava peso ao que Ele dizia.
“A maior coisa que os seus discípulos aprenderam de seus ensinos não foi a sua doutrina, e, sim sua influência”.

Um dos elementos essenciais para a qualificação do professor é o interesse que deve ter pelo povo e o desejo de servi-lo bem, de ajudá-lo. Sem esta qualidade, o mestre será “ Como o metal que soa, ou como o címbalo que retine”, muito embora conheça bem a a bíblia, o discípulo e os métodos de ensino.

Jesus viu no ensino a gloriosa oportunidade de formar os ideais, as atitudes e a conduta do povo em geral. Ele não se distinguiu primeiramente como orador, como reformador, nem como chefe, e sim como mestre. Vemos que ele não pertenceu a classe dos escribas e rabinos que interpretavam minuciosamente a lei.

A lei da motivação, a lei da preparação prévia. O professor eficiente é aquele que baseia seu ensino em uma rica experiência de vida.

Resumindo a lei do professor, poderíamos dizer que quem para de crescer hoje para de ensinar amanhã.

Este texto fez parte do meu projeto monográfico sob o tema :
“Articulação entre Escola Dominical e Didática na superação dos desafios da igreja na atualidade.”

Este texto foi escrito por SUSANA DE LIMA FERREIRA, professora de um dos mais importantes institutos bíblicos das Assembléias de Deus no Rio de Janeiro, o Instituto Bíblico Ebenézer. É um grande prazer contar com a colaboração dela no blog.

Autor da Minha Fé

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011


Oh Pai, eu queria tanto ver
O meu Senhor descer, vindo me encontrar

Eu posso até imaginar
A refulgente Glória do Senhor Jesus

Transpondo as brancas nuvens no mais puro azul
Onde nem sul nem norte existirá

E em meio a lágrimas, sorrisos de alegria e de prazer
Eu que era cego, agora posso ver

Contemplar, contemplar enfim
Por isso eu canto Glória!

Glória! Glória ao Autor da minha fé!
Glória! Glória ao Autor da minha fé!

Oh Pai, eu queria tanto, tanto ouvir
O som que vai abrir o encontro triunfal

Rever amigos que, um dia, em Cristo foram feitos meus irmãos
E agora sim, podemos dar as mãos

Pois temos todos um, somente um, um só Senhor
E eis o consolo que envolve a minha vida

O meu Senhor Jesus que foi morto sim, naquela cruz
Voltará, voltará enfim

Por isso eu canto Glória

Glória ao Senhor!
Glória ao Senhor!
Glória ao Senhor!
O Autor da minha fé.

AUTOR DA MINHA FÉ
GRUPO LOGOS

As Quatro Faces do Sexo

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011



A relação sexual pode ser entendida, dentro do contexto bíblico, de quatro formas diferentes:
Benção, Abominação, Fornicação e Prostituição.

Sexo é BENÇÃO:

Quando feito entre duas pessoas que se amam, e se uniram para formar uma família. É benção quando acontece no lar de duas pessoas que, cumprindo a Palavra, deixaram pai e mãe e passaram a ser uma só carne. "Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher,  e serão ambos uma carne". Gênesis 2:24.

Sexo é ABOMINAÇÃO:

Quando feito de forma bestial ou homossexual:
Zoofilia, necrofilia, pedofilia, homossexualismo, adultério etc.
"Nem te deitarás com um animal, para te contaminares com ele; nem a mulher se porá perante um animal, para ajuntar-se com ele; confusão é". Levíticos 18:23.

"Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza. E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro".
Romanos 1: 26, 27.

Sexo é FORNICAÇÃO:

Quando feito por pessoas que, embora planejem viver juntas, praticam o sexo antes de se unirem e viverem juntas. Na nossa sociedade é o sexo antes do casamento.
"Geralmente se ouve que há entre vós fornicação, e fornicação tal, que nem ainda entre os gentios se nomeia, como é haver quem abuse da mulher de seu pai. Eu, na verdade, ainda que ausente no corpo, mas presente no espírito, já determinei, como se estivesse presente, que o que tal ato praticou, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo..., seja entregue a Satanás para destruição da carne, para que o espírito seja salvo no dia do Senhor Jesus".
I Coríntios 5:1-5.

Sexo é PROSTITUIÇÃO:

Quando feito apenas em troca de algo.
Prostituição é vender ou ceder o corpo em troca de algo: Dinheiro, poder, favorecimento, prazer...
Se sexo antes do casamento é fornicação (ou seja, com alguém que pretenda casar, mas ainda não casou) então sexo sem perspectiva de casamento é prostituição (com alguém que não pretenda viver junto, mas faz sexo apenas por prazer). Nesse caso, a pessoa vende ou usa o seu corpo ou o corpo alheio para ganhar prazer.
Fugi da prostituição. Todo o pecado que o homem comete é fora do corpo; mas o que se prostitui peca contra o seu próprio corpo. Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?
I Corintios 6: 18, 19.

Diego Rodrigo Souza
Creio No Amanhã

A Graça da Garça

terça-feira, 11 de janeiro de 2011


A paz do Senhor, agradeço pela rica oportunidade,
Pois o momento é oportuno pra que alguém fale a verdade.

O Espírito Santo toma o meu ser e guia a ponta da pena.
Eu já começo a receber a luz do grande estratagema.

Entrego todo o meu ser e toda minha premissa,
Então começa a nascer fome e sede de justiça.

Crescemos acreditando em alguns personagens dos púlpitos,
Mas descobrimos que alguns da liga da justiça eram corruptos,

Mas ai de nós que temos espírito de ousadia,
No mínimo dirão que é espírito de rebeldia.

Deus tem o Espírito Santo, o diabo espírito imundo,
Os homens criaram espírito de rebeldia pra manter nosso espírito mudo.

Shhhii, calado! nem pense em fazer cara feia.
É melhor não discordar se quiser participar da ceia.

Eu vim pra fazer graça, mas não sorria porque é sério,
Foi fazendo essa mesma graça que morreu Martinho Lutero.

Nossos teólogos respondem perguntas que ninguém fez,
Nossos representantes são servos submissos da altivez,

Eu prefiro seguir ao mestre que nos ensinou a lição:
"aprendei de mim que sou manso e humilde de coração".

E os programas de TV que eram pra pregar salvação,
Estão fazendo propaganda de igreja e divulgação de livros e revistas,
Cds e DVDs e transformando o servo humilde em um fantoche em seus porquês.

Cadê a pregação da cruz?
Pegaram emprestado como emblema o nome do nosso Senhor Jesus,
Mas quando forem aplaudidos pensando que se deram bem...
Não se esqueça que Deus não divide sua glória com ninguém.

A graça da garça.
A arte de viver em meio a lama sem sujar as vestes.

Num país onde nosso futuro dorme em baixo de viadutos
Com frio, febre e fome, infelizes mentes de adultos,
Os nossos profetas diriam: "eis que também não vivem na luz"
E eu te pergunto no evangelho o que diria Jesus?

O filho do homem não tem lugar pra reclinar a cabeça,
Alguém me explique este evangelho antes que eu enlouqueça!

Qual evangelho está certo? o de Jesus ou o da igreja?
Me explique irmão! Porque esta expressão de surpresa?

Vejo que não é o mesmo evangelho, conquanto,
Nos ensinam a chamar nossas culpas de Espírito Santo.

Porque as mulheres que por Jesus foram perdoadas
Hoje por nós são vitimadas, julgadas e apedrejadas?

Por que o confesso é excluído? Por que o possesso é incluído?
Por que os que foram injustiçados sempre fecham comigo?

Por que os que cobrem seus pecados são chamados de amigo,
Enquanto o confesso que pede perdão é humilhado e banido?

Eles bradam: arrependei-vos. sem arrependimento,
Depois que conheceram as riquezas já não pregam o arrebatamento.

Não acho ruim ter mansão, nem carro nem condição,
Nem lancha, nem ter dinheiro, nem jato nem avião.
Só digo uma coisa meu irmão, melhor prestar atenção:
"onde estiver seu tesouro estará também o coração."

Os nossos levitas fazem show, sua fama é um mundo ilusório,
Já não existe adorador, só animador de auditório.

Viram? eles já não levam mais a arca da aliança
Porque são carregados por um bando de seguranças.

Deus vê todas as coisas, nada lhe é oculto nas cidades,
Mas ainda procura quem o adore em espírito e em verdade.

E a nossa fé a cada dia vai descendo ao declive,
Deus destruiu sodoma e gomorra mas o seu espírito ainda vive:
Quem não tem carro e dinheiro tem encosto,
Quem tem bens, ações e milhões paga o imposto,
Me diga, esse é o evangelho por Jesus Cristo proposto?

Porque o antigo brilho no olhar já não está no seu rosto?
Eles bradam como João Batista e são mestres,
Mas ninguém fica no deserto comendo gafanhoto e mel silvestre.
Terno de microfibra, sapato italiano modelo,
Mas ninguém quer ficar no sol vestindo pele de camelo.

Numa coisa eles imitam a João Batista, reconheça,
Receberam a missão de acabar perdendo a cabeça.

Loucos! e se hoje te pedirem a tua alma?
Louco! pra que te servirá todas as palmas?
Louco! se a selva de concreto se tornou tua mansão

Não se esqueça que nela Deus soltou seu Filho, o Leão.

A graça da garça.
A arte de viver em meio á lama sem sujar as vestes.

Mas quem tem fome e sede de justiça farto será!
Eles falam em línguas estranhas, o que eu faço é interpretar.
Ela desce a minha face, as vezes mais quente que o magma,
Eu interpreto língua estranha porque Deus interpretou minhas lágrimas.

Arrependa-se, não viva mais uma vida de farsa,
Não deixe Satanás sorrir do que você chama de graça.

Nós não precisamos de saquinho de sal pra apaziguar nossa guerra,
Nós somos a luz do mundo, nós somos o sal da terra!
Nós não precisamos de pedrinha de Israel
Porque temos a Pedra de Esquina chamada Deus Emanuel!

Eu não quero pão de Jerusalém, nem mesmo água ungida,
Já bebi águas vivas, já comi o Pão da Vida!

Eu não creio em oração poderosa, dela eu tenho aversão,
Eu creio num Deus Poderoso que ouve a minha oração!

Eu pensei que eles não me aceitavam por causa do ritmo,
Mas agora sei que não me aceitam porque eu prego o Evangelho legítimo.
Mas como foi escrito nos tempos remotos da antiguidade:
Que eles rangeriam os dentes ao ouvir a verdade.

Enfim no grande dia em que Deus mostrar seu poder,
Verá que o Evangelho fez graça, mas nunca brincou com você!

A graça da garça.
A arte de viver em meio a lama sem sujar as vestes.

A GRAÇA DA GARÇA
ESTRATAGEMA DE DEUS